• Allan Camelo

Realidade virtual



O que é realidade virtual e aumentada?


Os dois recursos são facilmente diferenciados porque a realidade virtual oferece uma simulação digital de uma realidade imaginária. Ela é baseada ou não em algo real. Pode representar a simulação de uma guerra com marcianos em um jogo de batalha, por exemplo.

Já a realidade aumentada integra elementos virtuais como uma sobreposição a uma imagem do mundo real. Ela ajuda a compreender e possibilita interagir com tal realidade de uma maneira que não seria possível de outra forma.

Para entender melhor as diferenças, leia cuidadosamente:

A realidade virtual é a uma simulação de uma situação real ou não. Ela é gerada por meio de um software, dando a impressão de que o usuário do programa está diante de algo que existe. O recurso é capaz de imergir o usuário em um ambiente projetado. Por meio do uso de viseiras ou óculos fechados, a percepção de nosso mundo é bloqueada e nós somos projetados para outro lugar.

Enquanto a realidade virtual simula algo, a aumentada “amplia” o alcance ao que existe de fato. Nesse caso, o uso de um objeto real pode se tornar mais significativo ao se permitir uma melhor interação com ele. É possível usar esse mecanismo para misturar componentes digitais a ambientes e objetos da vida real, ou seja, ele acrescenta algo ao ambiente com o qual estamos interagindo, mas sem bloquear aquele em que estamos. A inovação já está sendo usada até para gerar hologramas e comandos ativados por movimento, embora seja mais comum em sobreposições de imagens e outros recursos aplicados em cenas reais. É possível, por exemplo, incluir quadros informando pontuação e outros dados em jogos.


Aplicações


O Pokémon Go foi lançado em uma época em que essa tecnologia começava a despontar no mercado final. De lá pra cá, o uso de realidade aumentada começou a ser desenvolvido em várias aplicações para smartphones e outros dispositivos. Os aparelhos de realidade virtual se tornaram mais acessíveis, principalmente os acessórios para celular.

Devido a esse sucesso, várias empresas estão caindo de cabeça nas tecnologias de realidade virtual e aumentada. O grande foco de desenvolvimento está baseado na experiência de usuário para determinar o verdadeiro valor de negócio e como essas tecnologias evoluirão.

Um dos grandes impulsionadores da tecnologia está sendo o Facebook, que lidera as aquisições corporativas no ramo. Já são 11 aquisições feitas em 2017. O Facebook tem como meta incorporar a tecnologia de realidade virtual às redes sociais. Parece um episódio de série de ficção tecnológica. Será a junção das tecnologias mais empolgantes dos últimos tempos com a rede social mais viciante de todas.


Conclusão


As tecnologias mostradas nesse post são fundamentais para a evolução e para o futuro. As evoluções tecnológicas acontecem passo a passo e vão possibilitando a descoberta de campos antes inimagináveis.


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo